Se você quer abrir CNPJ, precisa conhecer os direitos que terá como uma pessoa jurídica! Saiba tudo o que é necessário e o que você ganha como benefício com o artigo que separamos para você!

 

28 de novembro de 2018135

 

Abrir CNPJ é uma excelente ideia para quem deseja aproveitar uma carga tributária potencialmente menos densa e garantir total conformidade para o seu negócio ou profissão como uma pessoa jurídica. Mas, o que você precisa fazer para tal e o que realmente ganha com isso?

 

Confira, no artigo que preparamos para você, aqui no blog da Roca!

 

Antes de obter um CNPJ, é preciso ficar atento ao tipo de empresa que você deseja abrir. Alguns segmentos podem ser cadastrados como Microempreendedores Individuais – MEI, e nesse caso têm direito ao Simples Nacional, um regime de tributação que é muito vantajoso para empresários desse porte.

 

Somente depois de entender a natureza do negócio e as possibilidades, o empresário poderá se preocupar em como abrir CNPJ. Vale destacar que tudo isso deve ser feito com o acompanhamento de um contador, pois agir sem o auxílio de um profissional especializado submete o empresário ao risco de ter uma carga tributária absurda incidindo sobre sua atividade.

 

Como obter um CNPJ?

 

O CNPJ, ou Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, é obtido exclusivamente no site da Receita Federal, por meio de programa específico disponibilizado pelo órgão. Após a inscrição, o empresário enviará os documentos por SEDEX ou os apresentar à unidade da Receita de seu município.

 

É necessário cumprir esses passos e aguardar a emissão do seu CNPJ. No caso do MEI, o microempreendedor deve acessar o Portal do Empreendedor e se inscrever, pagar uma taxa e esperar o CNPJ ser emitido.

 

Não costuma demorar, e assim que o CNPJ ficar pronto, você terá todos os direitos que uma pessoa jurídica tem!

 

Mas, afinal, que direitos são esses?

Bom, para começar, a pessoa jurídica pode emitir notas fiscais, comprovando a prestação de serviços ou venda de produtos aos clientes, o que aumenta a confiabilidade perante os clientes e torna tudo muito mais profissional e seguro.

 

Além disso, como pessoa jurídica também surge a possibilidade de ter a carga tributária que incide sobre sua atividade reduzida, pois normalmente as vantagens tributárias em ser PJ são bem maiores do que as de uma pessoa física.

 

É claro que o seu caso precisará ser analisado por um contador, dessa forma, você terá certeza sobre seu regime tributário e outros aspectos importantes do seu negócio.

 

No fim das contas, abrir CNPJ não é uma missão impossível, basta entender o tipo de empresa que será aberta e o regime tributário no qual ela será enquadrada – isso é determinante e seguir sem a ajuda de um profissional de contabilidade é potencialmente desastroso.

 

Por fim, lembre-se: a contabilidade não te ajudará apenas a abrir CNPJ e te guiará em relação aos impostos. Essa é uma importante ferramenta, que servirá como um pilar para a sua gestão e te fornecerá dados importantes para conduzir o negócio de forma estratégica e benéfica, visando o desenvolvimento da sua empresa de forma equilibrada e segura.

 

Conteúdo via Roca Contábil