Entenda o que é um turno rotativo, o que diz a lei e como organizar da melhor forma

 

Como uma das várias formas de jornada de trabalho especificadas na CLT, o regime de turnos é caracterizado pela ausência de jornada e dias de trabalho fixos. Ou seja, os funcionários que operam nessa modalidade podem trabalhar em qualquer turno dentro da empresa (manhã, tarde, noite, final de semana, feriado, etc.).

Justamente por causa da falta de padrões, um dos maiores desafios para os gestores é organizar de forma justa os horários de turnos mais impopulares, como noites e finais de semana. É necessário encontrar o máximo de equilíbrio possível nesta rotação para que os turnos menos atrativos nem sempre gerem estresse aos mesmos colaboradores.

Pensando nisso, preparamos este conteúdo exclusivo sobre turno rotativo, se essa modalidade está prevista na lei e quais setores necessitam desses turnos. Além disso, você verá qual a diferença entre jornada rotativa e jornada flexível, como são as folgas em turnos rotativos e como organizá-los. Veja os tópicos que abordaremos a seguir:

No que consiste um turno rotativo?

Essa modalidade de turno está prevista na lei?

Quais setores necessitam de turnos rotativos?

Qual a diferença entre jornada rotativa e jornada flexível?

Como são as folgas em turnos rotativos?

Como organizar um turno rotativo?

Conheça o PontoTel – O sistema ideal para organização de escalas e turnos

Vamos lá!

No que consiste um turno rotativo?

Os turnos rotativos permitem que os trabalhadores laborem em vários turnos na tentativa de distribuir uniformemente os turnos menos desejáveis.

Este tipo de turno é em um horário de trabalho onde as pessoas passam por um ciclo entre os turnos diurno e noturno. O objetivo deste modelo de turno é distribuir os turnos que não são tão atrativos em toda a força de trabalho.

Alguns locais de trabalho preferem horários de turnos fixos, onde as pessoas trabalham nos mesmos turnos em um horário consistente, enquanto outros podem trabalhar em turnos alternados para que ninguém fique preso a um trabalho abaixo do ideal o tempo todo. 

Existem alguns riscos para a saúde associados a esses esquemas, que devem ser equilibrados durante o desenvolvimento.

Ele pode ser entendido como turno de revezamento?

O turno rotativo não pode ser entendido como turno de revezamento. Isso porque, esse tipo de turno envolve um modelo de trabalho em que a companhia normalmente está funcionando 24 horas por dia sem interrupção, de modo que os funcionários são rotacionados e escalados por períodos de tempo já definidos.

Essa modalidade de turno está prevista na lei?

As pessoas que trabalham em turnos rotativos também são amparadas pelas leis trabalhistas. A Constituição discute essa abordagem, estabelecendo em seu artigo 7º, XIV, o limite de seis horas diárias para esses trabalhadores. 

Vale lembrar que, os acordos coletivos podem trazer mudanças nesse sentido, e também é importante ficar de olho neles. Por fim, a CLT, prevê 24 horas de descanso semanais e pagamento em dobro por horas de trabalho nos feriados. 

Art. 7º, XIV 

A Constituição Federal de 1988 deve ser citada antes de publicarmos o artigo em questão aqui. O artigo 7º (XVII) dá um passo necessário na valorização dessa vontade coletiva ao reconhecer os acordos e convenções coletivas como direitos sociais para trabalhadores urbanos e rurais.

Art. 7º São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social:

XIV – jornada de seis horas para o trabalho realizado em turnos ininterruptos de revezamento, salvo negociação coletiva;

Quais setores necessitam de turnos rotativos?

A dinâmica do trabalho em turnos é comum em indústrias onde os processos são contínuos e dependem de reações químicas, como petroquímicas, siderúrgicas e produtoras de vidro e celulose.

Mas não são só eles que estão apenas sujeitos à gestão de turnos, outras empresas que funcionam 24 horas como as de segurança patrimonial, atendimento à população, hospitais, restaurantes e farmácias também são divididas por turnos e essas transformações podem ser construídas de várias maneiras.

Qual a diferença entre jornada rotativa e jornada flexível?

A jornada flexível é um modelo de gestão de jornada que permite que os funcionários definam os horários de início e término do horário trabalhado. A ideia não é que os trabalhadores tenham que reduzir suas horas, porém, dá a possibilidade de maior autonomia para decidir quando completar cada jornada.

Assim, seguindo o que foi acordado com o empregador, o horário de trabalho flexível oferece aos funcionários a possibilidade de iniciar a jornada no período da tarde e prolongá-la até a noite. Nesse sentido, é importante ressaltar que a pausa para almoço ou jantar ainda deve ser cumprida.

Por outro lado, os turnos rotativos caracterizam-se pela falta de horários e dias de trabalho fixos, quando um colaborador trabalha neste modelo, ele acaba trabalhando em qualquer turno da empresa, de forma alternada em turnos menos desejáveis com outros colaboradores. 

Sempre que possível, deve haver um equilíbrio nessa rotação, para que as jornadas menos atrativas nem sempre onerem os mesmos funcionários.

Como são as folgas em turnos rotativos?

O assunto é abordado pelo artigo 67 da CLT, que trata dos dias de folga nos turnos de trabalho. Veja a seguir:

Será assegurado a todo empregado um descanso semanal de 24 (vinte e quatro) horas consecutivas, o qual, salvo motivo de conveniência pública ou necessidade imperiosa do serviço, deverá coincidir com o domingo, no todo ou em parte.

Parágrafo único – Nos serviços que exijam trabalho aos domingos, com exceção quanto aos elencos teatrais, será estabelecida escala de revezamento, mensalmente organizada e constando de quadro sujeito à fiscalização.

Como organizar um turno rotativo?

Precisamente por causa da falta de padrões, um dos maiores desafios que os gestores enfrentam é organizar de forma justa os horários de turnos mais impopulares, como noites e finais de semana. Por isso, separamos abaixo algumas dicas de como organizar seus turnos de forma assertiva e dentro da lei.

Entenda todas as regras sobre essa modalidade de turno

As pessoas que trabalham em turnos rotativos são amparadas pelas leis trabalhistas e vale lembrar que os acordos coletivos podem trazer mudanças nesse sentido, ou seja, se faz muito necessário ficar de olho neles.

Além disso, como mencionamos anteriormente na CLT, há 24 horas de descanso por semana, e os feriados são pagos em dobro, então fique atento aos dias de descanso e horas extras.

Use uma boa ferramenta de gestão de escalas

Controle de tempo, gestão de escala e organização do espaço de trabalho são alguns dos tópicos em que a tecnologia já está em operação, proporcionando às empresas soluções práticas e seguras, essenciais para a organização de todos os turnos.

O software otimiza a criação de planos de trabalho e ainda envia alertas quando alguma regra não é seguida e ou um funcionário está sobrecarregado. 

Disponíveis no aplicativo e na interface web, essas ferramentas também indicam os profissionais mais adequados para realocações departamentais e o número ideal de vagas por turno. Isso garante segurança e transparência para empregados e empregadores.

Programe a escala de todo o mês com antecedência

Para não ter problemas com o cronograma, é sempre necessário pensar à frente de um mês para o outro, principalmente no que diz respeito às escalas de revezamento. Portanto, você deve agendar suas escalas com antecedência, respeitando as folgas e limitações para não ter nenhum posto de trabalho sem colaborador.

Além disso, é necessário se preparar para aniversários, ocasiões que, em última análise, alteram o fluxo de clientes ou as demandas de trabalho e podem exigir mais ou menos funcionários. Tal como acontece com as lojas em ocasiões como o Natal, é preciso construir uma escala até o final do ano para ter mais funcionários trabalhando durante esses períodos sazonais.

Outra questão importante na organização das escalas é o bem-estar dos funcionários. Ao agendar seus dias com antecedência, eles também poderão saber quando estão trabalhando e quando estão de folga, e poderão equilibrar sua vida profissional e pessoal.

Garante que as folgas sejam realizadas

Em primeiro lugar, como já mencionamos, você não pode esquecer de definir o tempo de folga para os funcionários de acordo com a legislação vigente e os acordos e convenções coletivas. Isso evitará que você tenha surpresas menos agradáveis com a justiça no futuro.

Além disso, cada profissional tem suas próprias necessidades. Programe pausas para que ele se sinta satisfeito e ouvido. Algumas pessoas gostam de sair nos fins de semana, enquanto outras não se importam. Alguns funcionários não se importam de trabalhar até tarde, enquanto outros preferem o horário da manhã. Cada situação é diferente. Conheça as prioridades de todos.

Utilize uma ferramenta de gestão em tempo real

Dados em tempo real permitem que os gerentes sigam os planos de trabalho e garantam que as operações estejam ativas. Alguns sistemas não passam os dados imediatamente, eles os salvam no relógio e o RH precisa transferi-los manualmente e depois carregá-los no sistema.

Mas, isso não é o ideal porque leva muito tempo e impede que os profissionais de RH tomem ações estratégicas. Por outro lado, as ferramentas de gerenciamento em tempo real, que fornecem dados instantaneamente, são a melhor opção para esse controle. Com ele é possível avaliar o equilíbrio entre trabalho e horário dos profissionais online.

Conheça o PontoTel – O sistema ideal para organização de escalas e turnos

O sistema de ponto da PontoTel possui um dos melhores painéis para criação e controle de escalas

Nele, você pode criar escalas com apenas alguns cliques, personalizadas ou não, e depois vinculá-las aos funcionários para inserir automaticamente os dias de trabalho e dias de descanso em planilhas de horas online.

O sistema é muito fácil de operar, você pode visualizar a agenda mensal de seus funcionários em uma tela, checar todas as ausências programadas como férias, atestados, feriados, licenças, etc. Você também pode movimentar ou alterar a agenda de uma forma muito acessível.

Acompanhamento de jornada e pontos batidos em tempo real

Precisamos informar que o sistema da PontoTel segue todas as normas que permitem que sua empresa opere sempre no âmbito das leis trabalhistas. Agora, a principal vantagem do nosso sistema é que ele oferece um gerenciamento completo dentro do próprio aplicativo.

Toda vez que um funcionário chega ao trabalho, e realiza o registro de ponto através do PontoTel, isso é informado em tempo real por notificação e atualização da folha de ponto. Além disso, os gestores terão acesso a um painel de monitoramento em tempo real que poderão visualizar todas as informações, como faltas, horas extras e atrasos, em dados ou gráficos.

Organização de escalas em poucos cliques

Outra vantagem é que ao contar com a tecnologia de gerenciamento de escalas pode tornar essa gestão de equipes muito mais simples, eficiente e simplificada.

Com alguns cliques, os gerentes podem programar o mês para suas equipes com base em suas jornadas e tamanho do time. Para evitar o esquecimento dos dias de descanso, funcionários trabalhando mais do que o acordado no contrato de trabalho e outros problemas que possam surgir de horários mal administrados.

Ao fazer esse processo manualmente, é comum ocorrerem erros no cálculo dos dias, e até mesmo a pessoa responsável perder horas de trabalho apenas trabalhando para montar  uma escala que finalmente funcione para sua equipe.

Os aplicativos de gestão de escalaspodem corrigir e evitar esse problema, pois a automação conclui o processo em minutos.

Visão de toda a operação em uma única tela

Ademais, além de criar turnos rapidamente, ele pode ser gerenciado na tela do celular, monitorando se os funcionários estão executando corretamente suas jornadas e horários de trabalho, se há folgas no turno de um determinado dia, se os intervalos estão sendo seguidos, e outros informações importantes para uma boa gestão.

Relatórios e indicadores inteligentes

Por fim, vale destacar que o sistema consegue gerar excelentes relatórios sobre as escalas de trabalho implementados por sua empresa, fornecendoinformações e dados precisos para tornar sua gestão mais estratégica.

Além de fácil de usar, pode gerar uma gama completa de indicadores inteligentes para melhor tomada de decisão e identificação rápida de obstáculos e erros nas operações.

Grandes empresas confiam em nossas soluções e se tornam nossos parceiros também! Agende uma conversa com um especialista em gerenciamento de tempo!comercial!

Parte inferior do formulário

Conclusão 

Ao longo deste artigo, explicamos no que consiste um turno rotativo, se essa modalidade está prevista na lei e quais setores necessitam de turnos rotativos. Além de mostrar qual a diferença entre jornada rotativa e flexível, como são as folgas nesses turnos e como organizá-los. Conhecemos, também, o sistema ideal para organização de escalas e turnos. 

Nesse sentido, os funcionários devem ganhar transparência de seus empregadores, pois só assim a escala pode ser executada de forma adequada para beneficiar ambas as partes envolvidas.

A PontoTel é uma empresa que oferece soluções para a gestão completa da jornada do colaborador, desde o registro até o tratamento de ponto. Com o sistema, é possível gerenciar totalmente as jornadas dos funcionários.

Fonte: Ponto Tel